Twitter testa ferramenta contra fake news no Brasil

A expectativa é que o recurso contribua para coibir a disseminação de desinformação nas Eleições 2022

18/01/2022

(Crédito: freepik)

Nesta segunda-feira (17), o Twitter ativou o recurso de denúncia de fake news aqui no Brasil para teste. Espanha e Filipinas também entraram na fase de testagem dessa nova tecnologia, além dos países que já estavam na lista desde o ano passado, Estados Unidos, Coreia do Sul e Austrália.

“Até agora, recebemos em torno de 3 milhões de denúncias de tweets que violam nossas políticas, além de ajudar a entender novas tendências de desinformação”, informou o comunicado da empresa. Para denunciar, basta clicar nos três pontinhos no canto direito da postagem, escolher a opção "denunciar tweet" e  o item “as informações são enganosas”.

Quer receber notícias da ACAERT? Assine a newsletter - Assine aqui e receba por e-mail

A expectativa é que a ferramenta contribua para coibir a disseminação de desinformação nas Eleições 2022, já que assim como o Brasil, é ano eleitoral nas Filipinas. Também vem a partir da pressão do poder público e de ativistas quanto à falta de iniciativa de combate a fake news sobre a pandemia de Covid-19 da rede social. O MPF, por exemplo, investiga desde novembro a atuação do Twitter no combate à desinformação.

De acordo com a mídia social, o mecanismo se provou útil. Mas, precisa melhorar, pois dos tweets denunciados e analisados, apenas 10% violavam de fato as políticas da rede social. “Isso indica que ainda são necessárias melhorias no processo”, acrescenta.

Reporter: Isadora Ogawa, com informações Tele.Síntese

Últimas notícias