Raimundo Colombo recebe homenagem da ACAERT

(31/05) Gestão e a política de comunicação do ex-governador foram reconhecidas pela entidade

 

Homenagem Raimundo Colombo

O ex-governador Raimundo Colombo foi homenageado pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACAERT) durante reunião da diretoria, realizada nesta quinta-feira (30) em Florianópolis. O presidente da entidade, Marcello Corrêa Petrelli, disse que a intenção foi reconhecer e agradecer ao homem público e governante parceiro da comunicação. A placa entregue a Colombo resumiu a homenagem: “A radiodifusão catarinense reconhece e homenageia Raimundo Colombo por sua valorosa contribuição a frente do governo de Santa Catarina em prol do desenvolvimento socioeconômico do nosso Estado e, especialmente, em relação ao prestígio dispensado ao segmento da comunicação”. 

Emocionado, o ex-governador disse que a homenagem lhe dá conforto e uma força muito grande. “O maior patrimônio que você tem no final do governo são os seus amigos e o carinho que eles dedicam a você. Esse é o saldo de tudo. A atitude de vocês é de uma importância que vou guardar no fundo do coração”, agradeceu. 

O ex-governador destacou que Santa Catarina é um estado de referência, mesmo com todas as dificuldades do Brasil. “Nossos indicadores são os melhores porque todo mundo ajudou. Um exemplo foi a reforma da Previdência no Estado, aprovada há quatro anos”, ressaltou, ao lembrar que a imprensa foi fundamental ao ouvir o governo e fazer os contrapontos. “Santa Catarina venceu aquela etapa porque todos cumpriram sua parte”. 

​Atual coordenador nacional da Fundação Espaço Democrático do PSD, Colombo fez uma avaliação sobre o momento político. “O Brasil não quer continuar como está e, por isso, a própria eleição foi uma reviravolta completa. As mudanças devem ser profundas. Não adianta só trocar pessoas e tampouco siglas partidárias”. Para ele, o processo é mais profundo, porque é preciso mudar o sistema e o modelo, reconstruir, o que exige determinação, coragem e paciência para evitar rompimento.

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT