Liberação da faixa estendida de FM é adiada

(10/08) Medida vai atrasar o processo de migração das emissoras que não conseguiram frequência na atual faixa

A ANATEL decidiu adiar a liberação da faixa estendida de FM que aconteceria nesta segunda-feira (10/08) para o dia 03 de novembro. A decisão foi publicada na resolução Nº 731 publicada em julho.  A medida atrasa o processo de migração das emissoras que não conseguiram frequência na atual faixa de FM e, por isso, era aguardada com grande expectativa pelo setor. Só em Santa Catarina cerca de 45 emissoras precisam do FM estendido para concluir a migração.

As emissoras que vão para FM estendido ocuparão a faixa entre 76.1 FM e 87.3 FM. Na sequência, as sintonias 87.5 FM à 87.9 FM deverão acomodar as rádios comunitárias (RADCOM). Já o espectro convencional seguirá a partir de 88.1 FM. A liberação do FM estendido depende do desligamento dos canais 5 e 6 da TV Analógica e consequente migração para o sinal digital, processo iniciado em 2016 e que deve ser concluído em todo o Brasil até 2023.

Veja abaixo a nota técnica elaborada pelo engenheiro Luiz Rosa dos Reis, assessor da ACAERT

 

Fonte: ACAERT