ACAERT lamenta a morte do radialista Rafael Henzel

(26/03) O profissional da rádio Oeste Capital era um dos sobreviventes da tragédia com a delegação da Chapecoense

Com enorme pesar e consternação a Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT manifesta o sentimento de luto em nome da radiodifusão catarinense pela morte do jornalista e radialista Rafael Henzel, um dos sobreviventes da tragédia com a delegação da Chapecoense. 

Rafael morreu na noite desta terça-feira (26) após sofrer um enfarte fulminante. O narrador esportivo, de 45 anos, passou mal durante partida de futebol com os amigos, na cidade de Chapecó. Ele era casado e tinha um filho.

Santa Catarina e o Brasil perdem um símbolo de resiliência e um exemplo de superação. Henzel foi uma das seis vítimas que sobreviveram no acidente aéreo da Chapecoense em 2016. Ele foi o único jornalista a sobreviver à tragédia.

Apesar do trauma,  retomou suas atividades normalmente um ano após sobreviver à tragédia, mantendo viva sua paixão pelo rádio, veículo ao qual dedicou boa parte de sua carreira profissional.

Em nome da Diretoria da ACAERT e de toda a imprensa catarinense, registramos a nossa solidariedade aos profissionais da Rádio Oeste Capital, aos familiares e todos aqueles que  eram fãs de Henzel. Na foto de capa, um registro feito em 2018 quando Rafael pousou ao lado do mascote da campanha da ACAERT de combate às Fake News. 

Que o tempo ajude a amenizar a dor da perda e mantenha vivo na história o exemplo de superação.

Marcello Corrêa Petrelli

Presidente ACAERT

Fonte: