Rádios Catarinenses poderão ter linha de crédito para a Migração

(05/08) Pedido foi feito ao governador Raimundo Colombo pelo deputado federal João Rodrigues

O deputado federal João Rodrigues (PSD), presidente da Frente Parlamentar da Radiodifusão, solicitou ao governador Raimundo Colombo que o Governo do Estado de Santa Catarina crie uma linha de crédito especial para financiar a Migração das emissoras do AM para o FM. 

A proposta é que os recursos sejam liberados através da Agência de Fomento de Santa Catarina – BADESC, ou através do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul – BRDE. Seriam duas faixas de financiamento a juros subsidiados: a primeira de até R$ 200 mil, para emissoras de pequeno porte; e a segunda de até R$ 400 mil, para emissoras de médio/grande porte.

Segundo o autor do pedido, “a radiodifusão catarinense tem uma importância enorme no desenvolvimento da economia, portanto, nada mais justo do que ajudar os empresários que precisarão montar uma nova emissora”, defendeu Rodrigues. (saiba mais no vídeo abaixo)

Para conseguir migrar do AM para o FM, as emissoras precisam fazer uma série de investimentos como contatar um engenheiro responsável, pagar pela adaptação de outorga e renovar todo o parque transmissor – que inclui antenas, geradores e demais equipamentos.

O governador Raimundo Colombo se comprometeu em estudar o assunto, o resultado dessa avaliação técnica deve ser divulgado nas próximas semanas.

O presidente da ACAERT elogiou a iniciativa, lembrando que essa seria uma alternativa importante para minimizar o impacto financeiro com os investimentos necessários para Migração. “Esse financiamento vai possibilitar que o radiodifusor catarinense já inicie as operações no FM com toda a qualidade necessária”, afirmou Rubens Olbrisch.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa ACAERT