Polícia Federal fecha rádios piratas no Distrito Federal

(15/05) A PF informou que as rádios clandestinas poderiam causar problemas às operações aeronáuticas, além de outras interferências.

A Polícia Federal, em parceria com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fechou, na terça-feira (12), quatro rádios piratas no Distrito Federal.  Segundo os policiais, as rádios operam sem concessão, permissão ou autorização de serviço  de uso de radiofrequência ou de exploração de satélite.

As rádios piratas estavam localizadas nas cidades de Ceilândia, Samambaia, Gama e Riacho Fundo.

A PF informou que as rádios clandestinas poderiam causar problemas às operações aeronáuticas, além de outras interferências.

Rádio pirata é crime. De acordo com a legislação, para ser executado, todo serviço de radiodifusão precisa antes ser outorgado pelo Ministério das Comunicações e depois autorizado a fazer o uso do espectro radioelétrico, pela Anatel.

As rádios ilegais poluem o espectro e impedem ou reduzem a qualidade de áudio das emissoras legais. 

Fonte: Sulrádio.com.br com informações da ABERT