ACAERT ENTREVISTA: Juíza do Trabalho, ANDREA HAUS BUNN, presidente da AMATRA12

(10/07) A magistrada fala sobre os crimes cometidos durante os processos trabalhistas

A Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul lançou uma cartilha sobre falsidade documental e testemunhal nos processos trabalhistas. O objetivo é orientar os envolvidos numa ação trabalhista sobre os crimes que são cometidos durante a ação. Para falar sobre assunto, o ACAERT Entrevista convidou a presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho de Santa Catarina - AMATRA12, Andrea Haus Bunn.
A convidada, que é natural de Curitiba e formada pela Universidade Federal do Paraná, começou como magistrada em 1999, em São Miguel do Oeste. Atua desde 2001 na Comarca de Lages, onde é titular. São 18 anos de justiça do Trabalho, atuando também em outras comarcas. É presidente da AMATRA12 desde maio. Acompanhe, abaixo, a edição da entrevista.

Fonte: Assessoria de Comunicação ACAERT

Áudio:

Loading the player...

Tempo: 09m32s