ACAERT divulga nota de pesar pela morte do presidente da ALESC

(19/08) O deputado Aldo Schneider tinha 57 anos e desde 2017 lutava contra um câncer

NOTA DE PESAR

A diretoria da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT manifesta profundo pesar pela morte do presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, deputado Aldo Schneider, na tarde deste domingo (19) em Balneário Camboriú, onde estava internado para o tratamento de um câncer.

Aldo Schneider construiu uma biografia marcada pela superação pessoal e de dedicação à vida pública, com inestimável contribuição para o Estado de Santa Catarina. Ele tinha 57 anos e deixa a esposa e dois filhos. O velório acontece a partir de 21h de domingo na Igreja Matriz de Ibirama. O corpo será cremado em Balneário Camboriú na segunda-feira, 20.

A radiodifusão catarinense está de luto e neste momento difícil deseja que os amigos, familiares e companheiros de legislatura e do partido encontrem forças para superar a dor da perda.

Biografia

Aldo Schneider  nasceu e iniciou seus estudos na pequena Agrolândia, no Alto Vale do Itajaí. Perseverante, formou-se em Gestão Empresarial pela UNIASSELVI e ingressou na Secretaria de Estado da Fazenda como Analista da Receita Estadual em 1980. Foi vereador pelo município de Ibirama, tendo como bandeira a emancipação do atual município de Vitor Meireles, onde foi o primeiro prefeito, cargo que voltou a ocupar por mais duas vezes. Foi eleito Deputado Estadual de Santa Catarina com 36.449 votos, em 2010, e reeleito com 58.646 votos em 2014. Na última Legislatura (2014-2018) foi indicado por seus pares para presidir o Parlamento. Essa trajetória, contudo, foi precocemente interrompida depois de longa batalha contra o câncer, diagnosticado em 2017.

 

Marcello Corrêa Petrelli

Presidente ACAERT

Fonte: ACAERT